Páginas

domingo, 23 de julho de 2017

Youtubers pra conhecer e entender

Hello meant to be psicologos (ou entusiastas da humanidade), perdoem meu vicio por falar de empatia, mas uma coisa que eu escuto muito na faculdade, dos professores de todas as abordagens é sobre a importância de escutar sem julgar, para que a pessoa se sinta a vontade pra confiar em você, e eu acredito que isso seja importante não só na relação profissional entre psicologo e paciente mas em todas as relações humanas, o desenvolvimento da capacidade de compreensão, da empatia, e acredito que quanto mais você conhece as pessoas e suas questões você se torna um ser humano melhor pra se conviver. Eu acho o youtube uma ferramenta incrível pra se conhecer as pessoas, seus pontos de vista e entender pelo que elas passam e como se sentem e principalmente como ~não~ se comportar em relação a elas - e porque.
Dai o porque de eu ter separado uma lista de canais que me ajudam a enxergar a vida através dos olhos dos outros e desenvolver minha empatia, lembrando que as pessoas são complexas então cada youtuber que eu apresento pra você abaixo trata de vários papeis sociais.
1. Hellmother
Hell é mulher, feminista e mãe, criou o canal pra desromantizar da maternidade mas aborda também outras questões sobre maternidade e sobre ser mulher.
2. Vai uma mãozinha ai?
Conheci o canal da Mari recentemente e foi a primeira youtuber com deficiência física que eu comecei a acompanhar, ela fala sobre - falta de - acessibilidade, auto aceitação, preconceito e também sobre feminismo

3. Gorda de boa
Conheci a Jessica através do canal das Bee, mas nesse canal ele trata de questões mais pessoais como gordofobia e hidradenite, vivencia lésbica e feminismo.


4. Louie Ponto
A Louie e o amor da minha vida. ela fala principalmente sobre representatividade lésbica e feminismo mas aborda varias outras questões intrínsecas ao ser humano que você deveria assistir

5.  Canal das Bee
Eles abordam todos os assuntos relativos a comunidade LGBT e são maravilhosos.
6. Muro Pequeno.
Murilo fala sobre ser negro, se gay, ser cristão, vida universitária e militância.

7. Afros e afins
A Nataly fala sobre ser mulher, ser negra, vida universitária e o namorado dela é um homem trans então esse assunto também aparece em alguns videos.

8. Adam Franco
Adam e um homem trans que fala sobre assuntos relacionados a disforia de gênero, hormônios, adaptação, etc.
9. Rayza Nicacio
Eu não ia colocar o canal da Ray aqui, porque eu sigo ele mais pelos tutoriais relacionados a cabelo cacheado, mas a Ray também e mulher, negra e cristã (foco no cristã) e eu como ateia ja tive muito preconceito e intolerância em relação a pessoas cristãs e a Ray e uma pessoa que me fez ver que que existem cristãos incríveis de maravilhosos no mundo, inclusive esse vídeo e só amor