Páginas

segunda-feira, 13 de julho de 2015

We Heart It
Eu nunca vi a causa homossexual como uma causa minha. Digo, sempre defendi, discuti e "militei", mas fazia porque achava justo. Porque (no meu pensamento de adolescente) "ninguém tem o direito de decidir o que outro faz com o próprio cu enquanto ele não estiver prejudicando ninguém". Antes de realmente parar pra pensar sobre isso eu me considerava hétero, na verdade não me considerava nada porque não pensava sobre esse aspecto, mas buscava atração nos homens porque fui ensinada a ser hétero. Quando me deparei com rotulações especulações sobre o assunto resolvi refletir, 'Por que eu sou hétero?' E não achando nenhuma resposta conveniente concluí que se algum dia eu sentisse vontade de ficar com meninas eu ficaria sem problemas. Mesmo assim até então nunca tinha definido minha sexualidade, na verdade até hoje não sei definir direito, costumo dizer que sou bi, as vezes me atraio mais por homens e as vezes mais por mulheres. Só uma coisa é clara: eu não sou hétero. E ninguém tem nada a ver com isso. Então por que eu estou escrevendo esse texto? Porque me incomoda muito ver pessoas que eu conheço compartilhando textos e fotos no facebook diminuindo a causa homossexual, como se fosse uma luta sem importância, ou desnecessária porque "ninguém se importa em doar dinheiro pra alimentar crianças carentes que morrem de fome"; tirando o fato citado por todos que discorreram sobre isso de que uma causa não exclui a outra, alguém aqui duvida que homossexuais morremos todos os dias assassinados pelo fato único de sermos homo? nós estamos morrendo também. estão nos matando. por que é menos importante?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=