Páginas

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Resenha: Sombra e Ossos

Nome do livro: Sombra e ossos
Nome Original: Shadow and Bone
Autor(a): Leigh Bardugo
Tradução: Eric Novello
ISBN: 9788582350638
Páginas: 287
Editora: Gutenberg
Ano: 2013
Avaliação:5/5
Livro cedido pela editora pra resenha, valeu Gutenberg!


Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.

É muito complicado quando sua vida muda completamente em qualquer circunstancia não é? mudar de cidade, de escola, por mais que o novo seja bom, nunca é totalmente fácil. Imagina então se isso acontece de uma hora pra outra sem aviso prévio? É exatamente isso que acontece com Alina: Depois de crescer em um orfanato, orfã de guerra, e começar a trabalhar como aprendiz de cartógrafa no primeiro exército, a garota - e todo mundo no seu país - descobre que ela tem uma habilidade Grisha. Agora todos acreditam que ela pode salvá-los do perigo existente na Dobra das Sombras e ela não sabe nem mesmo controlar seu poder. De uma hora pra outra Alina é levada pra longe de tudo o que é acostumada, para um lugar luxuoso onde deve aprender a controlar seu poder e conviver com Grishas o tempo todo, mas quando ela começa a se acostumar com isso tudo pode mudar novamente.
Gostei muito da linguagem usada no livro, de o nome do Darkling ser Darkling, os 'Grishas' e suas roupas oficiais os 'keftas' acho que da um toque único pra história e faz você se sentir parte daquele mundo.
O Livro não tem muitos personagens principais, Alina é a típica heroína que faz de mim eu, alguém que acredita nas coisas boas da vida, que tem que existir um jeito de resolver as coisas sem prejudicar alguém. Demorei pra sacar qual era a do Maly mas depois ele acabou me agradando também. O Darkling é o personagem misterioso que seduz Alina e a apresenta ao mundo Grisha. Genya parece ser uma amiga em quem confiar mas preciso do próximo livro da trilogia pra ter certeza - e porque preciso saber de tudo o que ainda vai acontecer.

Já tinham ouvido falar do livro? Já leram? O que acharam da resenha?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=