Páginas

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Sobre religião

Eu não sigo nenhuma religião. E eu faço piada sobre religião, e sobre Deus, se eu for definir minha crença é algo perto de agnosticismo. Por quê? porque as religiões com as quais eu tenho contato costumam querer controlar as pessoas, decidindo o que é certo e o que é errado, o que eu acho que sou perfeitamente capaz de decidir sozinha.
Eu não entendo qual é a finalidade de se considerar seguidor de uma religião que diz que certas coisa são erradas, 'pecados' mesmo sabendo que você gosta de fazer aquilo e vai continuar fazendo, mas depois de fazer vai gastar um tempo pra se punir por ter feito aquilo, mesmo sem ter se arrependido e sabendo que daqui a algum tempo vai fazer de novo. Não é melhor simplesmente aceitar que você não concorda com esse segmento religioso? Você segue uma religião sem nunca ter se questionado se aquilo é verdade ou se é certo, só porque sua mãe te ensinou a ser assim e sempre foi assim? Não faça isso.
 "Deus castiga". Outra coisa, esse Deus de vocês é um monstro, gente, primeiro vou deixar bem claro, quando eu digo que não tenho religião isso significa que eu não acredito na Bíblia (-Desculpa sociedade-) meu deus não tem forma humana e nem representantes na terra, meu deus e uma voz dentro de mim, que eu não costumo chamar de deus, e que eu escrevo com letra minúscula se eu quiser, porque meu dEuS não é um monstro que vai me castigar porque eu deixei o chileno virado ou fiz um número par de tatuagens, ou fiz humor nego. Toda vez que eu faço alguma piada com Deus ou com alguma religião (a não ser que eu esteja só com a gabi, porque ela me entende nisso) acabo ouvindo "para vei" não brinca com isso" "com Deus não se brinca" poxa, você ama tanto esse Deus, ele é seu melhor amigo? não pode fazer uma brincadeirinha? pô, Deus, não sabe brincar não desce pro play. Esse Deus onipresente e onisciente julga pelo que você fala? eu sei bem o que eu penso eu sei que eu sou ridiculamente incapaz e fazer mal a uma mosca -a uma barata- eu acho que um Deus onisciente me mandaria pro céu fácil, queria saber o que vocês tem tanto medo de deixar escapar pela boca.
Pra terminar tenho que dizer que acho ridículo a demonização de coisas boas, prazerosas como o sexo pelo prazer e não pela reprodução.
Só reflita sobre isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=