Páginas

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Curso de fotografia

Finalmente comecei meu curso de fotografia básica ♥
Meu professor é um amor, somos 3 alunas na turma e já to achando minha câmera muito básica  kkk
O professor mandou praticar, então eu  tirei algumas fotos e resolvi arquivar aqui :)) o curso é todo sábado, ansiosa do jeito que eu sou mal consigo esperar o sábado chegar.
Fotografei o porta retrato da minha mãe com o piano, um tronco de arvore, meu urso, uma bateria infantil e uma aluna de piano.







segunda-feira, 12 de maio de 2014

Sobre religião

Eu não sigo nenhuma religião. E eu faço piada sobre religião, e sobre Deus, se eu for definir minha crença é algo perto de agnosticismo. Por quê? porque as religiões com as quais eu tenho contato costumam querer controlar as pessoas, decidindo o que é certo e o que é errado, o que eu acho que sou perfeitamente capaz de decidir sozinha.
Eu não entendo qual é a finalidade de se considerar seguidor de uma religião que diz que certas coisa são erradas, 'pecados' mesmo sabendo que você gosta de fazer aquilo e vai continuar fazendo, mas depois de fazer vai gastar um tempo pra se punir por ter feito aquilo, mesmo sem ter se arrependido e sabendo que daqui a algum tempo vai fazer de novo. Não é melhor simplesmente aceitar que você não concorda com esse segmento religioso? Você segue uma religião sem nunca ter se questionado se aquilo é verdade ou se é certo, só porque sua mãe te ensinou a ser assim e sempre foi assim? Não faça isso.
 "Deus castiga". Outra coisa, esse Deus de vocês é um monstro, gente, primeiro vou deixar bem claro, quando eu digo que não tenho religião isso significa que eu não acredito na Bíblia (-Desculpa sociedade-) meu deus não tem forma humana e nem representantes na terra, meu deus e uma voz dentro de mim, que eu não costumo chamar de deus, e que eu escrevo com letra minúscula se eu quiser, porque meu dEuS não é um monstro que vai me castigar porque eu deixei o chileno virado ou fiz um número par de tatuagens, ou fiz humor nego. Toda vez que eu faço alguma piada com Deus ou com alguma religião (a não ser que eu esteja só com a gabi, porque ela me entende nisso) acabo ouvindo "para vei" não brinca com isso" "com Deus não se brinca" poxa, você ama tanto esse Deus, ele é seu melhor amigo? não pode fazer uma brincadeirinha? pô, Deus, não sabe brincar não desce pro play. Esse Deus onipresente e onisciente julga pelo que você fala? eu sei bem o que eu penso eu sei que eu sou ridiculamente incapaz e fazer mal a uma mosca -a uma barata- eu acho que um Deus onisciente me mandaria pro céu fácil, queria saber o que vocês tem tanto medo de deixar escapar pela boca.
Pra terminar tenho que dizer que acho ridículo a demonização de coisas boas, prazerosas como o sexo pelo prazer e não pela reprodução.
Só reflita sobre isso.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Diário de leitura

Bom faz tempo que não posto sobre livros né? já ta na hora, vejamos o que eu tenho pra compartilhar

Últimos livos que eu li:


Dias de Sangue e Estrela
A empolgante continuação de Feita de Fumaça e Osso, pra começar gente a capa desse livro é muito perfeita, sou apaixonada. Boms e você quer ler Feita de fumaça e osso não leia meu comentário porque vai ter alguns spoilers, ai vai:
Meu Deus. Eu já amei o primeiro livro, a Karou e o cabelo Azul e as tatuagens e os desenhos e as contas que realizavam desejos, as quimeras e os Serafins e o Akiva ♥ bom pra entender o que eu vou falar sobre o DSE você precisa saber que no FFO a Karou conhece o serafim Akiva e eles se apaixonam, ele ajuda ela a descobrir que ela era na verdade uma quimera, Madrigal, mas o quimera que a criou, Brimstone, colheu sua alma quando ela foi morta pelo crime de ser amante de anjo(adivinha, Akiva) e a colocou em um corpo humano, ela também descobriu que os dentes que ela recolhia na terra seguindo ordens de Brimstone serviam para fazer colares que eram usados no processo de "ressurreição" em um novo corpo, infelizmente antes de saber que Brimstone tinha salvado a alma de Madrigal/Karou, Akiva matou ele e todas as quimeras que criaram Karou além de muitas outras, quase extinguindo a espécie.
Nesse livro você entra em desespero até ter certeza de que Karou está viva (porque não se pode afirmar que ela está bem) Culpada pela morte de todas aquelas quimeras e sendo a unica criatura viva que conhecia as técnicas de ressurreição praticadas pro Brimstone, Karou, supervisionada de perto por Thiago, o Lobo Branco, começa a criar corpos super fortes para montar um exército de quimeras páreo para os serafins. Simultaneamente Akiva junto com seus irmãos serve ao exército de serafins em caçadas a quimeras com o objetivo de acabar de ver com elas, mas Akiva, mesmo acreditando piamente que Karou não estava mais viva usou todas as suas forças pra salvar o maior numero de quimeras que podia. Esse livro não tem nada de romance que tem no primeiro, mas tem estratégia, um pouco de ação e muita emoção e claro aquele "continua..." no final, aliás que final foi esse Laini Taylor? preciso do terceiro livro agora, como assim não foi lançado no Brasil??? Tenho certeza que o terceiro livro vai ter ação, emoção e romance pra todos os gostos. Também tenho certeza de que se eu fechar os olhos, cruzar os dedos e contar até três "Dreams of Gods and Monsters" vai aparecer na minha mão traduzido...              Talvez eu tente de novo mais tarde.

Divergente.
Sim só li o primeiro, desculpa sociedade, não ta sobrando tempo.
Uou, Divergente. Confesso que não estava com muitas expectativas pra esse livro embora tivesse gostado muito da sinopse, talvez seja um pouco de crise existencial da maioridade, quase lá :) Bom pra quem não conhece a história divergente, em uma cidade futurista, a sociedade divide-se em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude - a Abnegação, a Amizade, a Audácia, a Franqueza e a Erudição. Aos dezesseis anos, em uma grande cerimônia de iniciação, os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, . Para Beatrice, a difícil decisão é entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é — não pode ter os dois. Então faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive ela mesma.
Durante a iniciação altamente competitiva que se segue, Beatrice muda seu nome para Tris e esforça-se para decidir quem são realmente seus amigos — e onde se encaixa em sua nova vida um romance com uma rapaz fascinante, porém perturbador. Mas Tris também tem um segredo, que mantêm escondido de todos, pois poderia significar sua morte.
Ao descobrir um conflito crescente que ameaça destruir sua sociedade aparentemente perfeita, ela também aprende que seu segredo pode ajudá-la a salvar aqueles que ama… ou destruí-la.
Eu gostei bastante da narração e da história no geral só achei que alguns conflitos foram um pouco forçados, alguns momentos em que alguns personagens agem de forma que sua personalidade não se encaixa, mas fora isso é um livro perfeito e eu preciso do próximo kk




Os Livros que estou lendo:

Bom, retomei o terceiro livro da trilogia Millennium, 'A Rainha do castelo de ar', como estava simplesmente morrendo de abstinência de Harlan Coben peguei Jogada Mortal emprestado de uma prima e estou lendo e pra terminar essa semana chegou A Menina que colecionava Borboletas e eu não resisti e comecei a ler.

Além disso:

Além disso estou destruindo meu Destrua este diário e completando meu Finish this book como vocês podem ter percebido no ultimo post