Páginas

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

'Eu não perdi ninguém'

Gente não vou conseguir guardar o que eu to sentindo eu preciso falar. Sexta feira eu acordei 5 horas da tarde, depois disso começaram acontecer coisas boas e me deixar feliz, passei a madrugada acorda, o dia acordada e só dormi mesmo domingo oito horas da manhã, acordei seis da tarde entrei na internet e vi gente comentando sobre uma tragédia que tinha matado mais de duzentas pessoas, depois vi reportagens na TV, eu fiquei horrorizada. Eu fiquei imaginando o momento e o agora, as famílias, os amigos. Eu chorei, eu chorei tanto, domingo eu não dormi de novo e amanheci chorando, eu vi os apresentadores, e jornalistas com os olhos vermelhos noticiando, atualizando os dados. E chorei mais. Estudantes, jovens, filhos, irmãos, amigos. 'Eu não perdi ninguém' Eu perdi sim. Eu perdi futuros amigos, perdi conhecidos de alguma viagem, eu perdi futuros colegas de trabalho. Eu perdi o sorriso cara, eu perdi a confiança.
E eu to indignada, como um lugar daquele tamanho só tinha uma porta de entrada e saída? como tava aberto se não tinha condições de segurança? Como tinha mais de quinhentas pessoas a mais do que é permitido pelo tamanho? Como que permitiram o show pirotécnico sabendo que o revestimento acústico era inflamável? Nada vai trazer os que morreram de volta. Nada vai recuperar outras vítimas do trauma, nada vai tirar algumas pessoas do coma. Eu não quero justiça, não é isso o que eu quero. Eu não quero o músico, o dono, o segurança preso. Eu quero que TUDO seja feito pra isso nunca mais acontecer, eu quero que as leis não deixem mais brechas, quero que todos se adequem ás leis sem brechas, e quero tenha fiscalização e o que não estiver adequado não opere, não funcione, não abra.
É simples, eu não quero perder mais ninguém.

Um comentário:

  1. é diícil quando a gente perde alguém que a gente gosta.. eu não gosto nem de tocar nesse assunto, porque começo a chorar... desculpa.
    Aos Dezesseis Anos - Blog | Twitter | PageFB

    ResponderExcluir

Comente e sinta-se abraçado (=