Páginas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Não tem mais volta.


O ano de 2013 vai encerrar mais uma etapa da minha vida, o colegial, mais que isso a escola, um ano inteiro, parece tanto mas ao mesmo tempo tão pouco. Porque acho que eu passei a vida inteira esperando por isso, admirando quem estava lá, mas ao mesmo tempo não quero que acabe, não quero que acabem as piadas sem graça, as zueiras de sala de aula, aquelas piadas particulares que só quem é da sala entende, e os professores, que apesar de tudo eu me apego muito, ainda mais os melhores (me segurando pra não citar nomes). As reuniões online no grupo da sala no face, o povo copiando trabalho, os apelidos, meu Deus os churras, os bordões, os clichês as briguinhas. As horas estudando, encheção de saco dos amigos, e as gordices, os momentos tensos quando um professor perde a paciência. As provas 'colei' 'não colei' 'tava fácil' 'eu não sabia nada' e também tem o 'me explica isso aqui'. As perguntas idiotas e as inteligentes mas repetitivas, altos debates.
Aqueles dias intermináveis, o frio e o calor, o sono e dormir na biblioteca no intervalo.
Nossa eu vou morrer de saudade deles por mais que eles sejam sem noção, chatos, ou metidos, eu amo eles, como irmãos, como não amar?






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=