Páginas

quinta-feira, 14 de julho de 2011

É, eu sou um filho ruim

Não uso drogas, não tenho filhos aos 15 anos, não chego tarde em casa, não cometo crimes, não falo palavrões. Não chego bêbado em casa, não pego dinheiro dos meus pais escondidos, nunca repeti de ano e não mato aula. Agora, demorei pra lavara louça, não mantenho meu quarto sempre perfeito, passo algumas horas no computador, chovem reclamações e drama e sou comparado com o filho de todo mundo. Tá infeliz? Adota o filho de fulano, que quando ouvir o primeiro grito, vai mandar se fuder. Mas deve ser melhor que eu, já que sou um filho tão ruim.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=