Páginas

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Contos adolescentes

gente criei o blog, provisóriamente é o "contos adolescentes" pra entrar é só clicar aqui


só pra vocês sentirem o gostinho vou colocar uns trechinhos:
De Gabi e carol:
"A pequena gabi estava ajudando seu pai a esvaziar as caixar da mudança com coisas do seu quarto, 6 anos apenas e era a  primeira vez que se mudava.
Vivia apenas com o pai, a mãe morrera no parto
Abriu a ultima caixa aonde estavam seus objetos preferidos, tirou de lá seus diário que ganhara no começo do ano quando aprendeu a escrever, e seu urcinho de pelúcia, Luly, que ganhara antes mesmo de nascer, sua mãe o comprara. Ela não sabia exatamente porque mas sabia que o urcinho era muito importante."


Não muito longe dali, outra garotinha da mesma idade escrevia em seu diário 'amanhã é segunda e tem aula, eu adoro a escola, pena que eu não tenho muitos amigos, só o erick, mas ele só fica falando "carol você é linda" claro que eu gosto, mas queria que as meninas fossem minhas amigas também
Carol era uma garota esperta e por isso as vezes despertava mais a atenção dos meninos do que das meninas morava com a mãe e a irmã, jade, de um ano e meio, seu pai as abandonara logo após o nascimento de jade, talvez por isso carol era madura além do normal de sua idade, ela sabia que sua mãe tivera de ser muito forte pra continuar sem seu pai com a jade pequena"
 De o diario de teddy:
"Quando eu a conheci ela tinha 8 anos, me ganhou de aniversário de sua madrinha, gostou de mim, mais do que de todos os outros, mesmo eu sendo pequeno, brincou comigo, todos os dias, me colocou no armário e me contou todos os seus segredos. Me fez seu companheiro de sonhos e aventuras.
Hoje ela tem 12 anos, eu virei chaveiro do estojo, conheço todos os seus colegas e professores, a noite, em segredo ela ainda me conta seus segredos, só eu sei como ela está confusa com seus sentimentos.
E a rotina começou denovo.
Marielly jogou-me junto com o estojo dentro da mochila, era cedo. Alguns minutos depois fui colocado encima da uma carteira, a assinatura que Mari fizera no dia anterior ainda estava ali.
-Oi Mari, oi Teddy - Disse Karen, com seu lindo sorriso
-Karen, por que você fala com o Teedy? Ele é só um ursinho. - Não me ofendi, sei que ela fala isso porque tem ciúmes de mim."

Um comentário:

  1. Oiee.. gostei do seu blog =)

    Bom, eu tenho um blog que queria divulgar pra quem gostasse de ler e escrever historias e etc.. Não sei se vc gosta desse tipo de historias, são contos, mas não contos de fadas. Na verdade se aproxima muito da realidade. Espero que goste, dá uma passadinha lá quando puder ou quiser, sei lá.

    http://contoteumconto.blogspot.com/

    Feliz Ano Novo!! Tudo de bom em 2012 =)

    ResponderExcluir

Comente e sinta-se abraçado (=