Páginas

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Anjo

Me perdoa, me perdoa, me perdoa por todas as vezes que eu não te abracei.
Obrigada por todas as vezes que escreveu.
Obrigada por ler.
Obrigada por entrar na minha vida.
Pelos sorrisos, obrigada por tudo.
Perdão por todas as vezes que eu não te entendi.
Por não saber agradescer.
Agradesço agora, Anjo, por ter me visitado em sua breve estadia ne terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e sinta-se abraçado (=